Maconha velha faz cabeça boa

novembro 29, 2008

cientista aperta um

cientista aperta um

Foi encontrada na China a parada de bagulho mais antiga que se tem notícia. Um tijolo de 789g de maconha ficou preservada por cerca de 2700 anos no túmulo de um possível sacerdote Gushi. Cientistas “analisaram” a erva e comprovaram que o principio ativo foi conservado. Quer dizer, os cientistas fumaram a marofa, ficaram doidões e nem apresentaram pra gente.

Anúncios

Goiânia Noise 2008

novembro 26, 2008

Helmet (USA), uma das atrações gringas do festival

Helmet (USA), uma das atrações gringas do festival

Quase que eu não fui. Tava com preguiça e um princípio de gripe. Depois de saber que não ia rolar o Helmet em Brasília, comecei a me animar pra ir até o Festival Goiânia Noise 2008. Não fui na sexta-feira por causa da programação, tinha só o show do Canastra que eu queria ver na primeira noite, mas perdi o espetáculo do Moab muy loco se vomitando e desmaiando, me disse que quase morre. No sábado eu acordei meio mal por causa da gripe e acabei desistindo de ir. No domingo, dia 23 de novembro, eu já estava bem melhor, peguei a Karla e fomos pra Goiânia pra aproveitar a última noite do festival. No hotel onde parte das bandas e convidados do evento se hospedou, nós pegamos carona na Van da produção e fomos pro local do evento. O Centro Cultural Oscar Niemeyer é bem parecido com o nosso Complexo Cultural da República. Tem aquela mesma bolona branca, a diferença é que aqui funciona um museu e lá, uma casa de espetáculo de alto nível. Tinha até uma exposição de painéis do Fábio Zimbres.

A arte insana de Fábio Zimbres

A arte insana de Fábio Zimbres

 

 

Chegamos na metade do show do Mechanics que se apresentava no palco externo. Logo, fomos encontrando uma cambada de doidos que vieram de Brasília, acho que foram mais de 50 conhecidos. Num rolê pelas barraquinhas, fui comercializando meus livros, levei poucos e voltei sem nenhum. Parece que dos três dias, o domingo foi o dia de menor público. Gostei do show do The Tormentos, surf-garage argentino. Pra mim, o melhor show da noite foi o do Periferia S/A, que além do repertório próprio, tocou várias do Ratos de Porão das antigas. Teve uma hora que o Jão começou a falar no microfone sobre um certo apresentador de TV que foi hilário, quem quiser saber, me manda um e-mail pois estou evitando processos.

Periferia S/A atacando a farsa do entretenimento

Periferia S/A atacando a farsa do entretenimento

 

 

 Depois teve o Inocentes tocando vários clássicos do “Miséria e Fome” e “Pânico em SP”. A atração mais aguardada era o Helmet, mesmo assim, muita gente já tinha ido embora antes deles começarem a tocar e outro tanto foi saindo durante a apresentação. O show teve bons momentos, mas não chegou a empolgar o público que não iria trabalhar ou estudar na segunda-feira. Com o fim do evento às 3 da manhã, só restou nos despedirmos dos amigos e pegar uma carona na Van pro hotel. Agora é aguardar o Bananada 2009.

Labirinto do Laerte

novembro 19, 2008

mdm01O mistério do “Manual do Minotauro” está sendo desvendado. Quem lê as tirinhas do Laerte na Folha de São Paulo sem saber que precisa seguir uma ordem seqüencial não deve estar entendendo nada. O Manual do Minotauro é uma série de 20 e poucos episódios e podem ser lidos no blog do artista: http://www.manualdominotauro.blogspot.com/

Terra da Garoa

novembro 17, 2008

Viajei para São Paulo pela quinta vez esse ano. Acho que agora dei uma empapuçada da terra da garoa. Fui lá pra comparecer ao lançamento do Biu e do Stêvz na HQMIX. Choveu na noite, mas apareceram alguns amigos de Brasília que estavam na região. No mais foi aquele velho esquema de passar na Galeria do Rock e na Rua Augusta.

Lançamento dos zines na HQMIX - São Paulo 2008

Lançamento dos zines na HQMIX - São Paulo 2008

 Domingão foi maneiro, encontrei com o Biu e o Stêvz na Liberdade e fomos pra casa do Ilsom, vocalista e guitarrista do Zeferina Bomba. O cara é gente finíssima. De noite fomos pro show da banda dele e da Detroit. Entre as duas bandas, Jerônimo Johnson e sua banda-de-um-homem-só, que na verdade é o Stêvz tocando sozinho, também fez um pocket show. O evento rolou na Livraria da Esquina, na Barra Funda, um lugar bem legal e com gente animada. No mais, conseguir vender e divulgar meus livros e dar boas risadas.

Jerônimo Johnson pela primeira vez em São Paulo

Jerônimo Johnson pela primeira vez em São Paulo

No sábado, 16 de novembro rolou o lançamento oficial dos zines em Brasília durante a festa de 12 anos da Kingdom Comics no Balaio Café. Também choveu, mesmo assim várias meninas bonitas e artistas gráficos da cidade prestigiaram o evento. Jerônimo Johnson aproveitou a ocasião e mandou ver seu set list em mais uma excêntrica apresentação.

Zines em alta no DF

novembro 5, 2008

 

 

Capa do Mediocre em serigrafia

Capa do Medíocre em serigrafia

A cena de fanzines produzidos em Brasília nunca esteve tão aquecida como agora. O lançamento de três zines promete movimentar o mercado editorial independente da cidade. No dia 07 de novembro, Biu e Stêvz estarão em São Paulo lançando seus trabalhos na Livraria  HQMIX. Biu apresenta o conto “Medíocre” que vem encartado com um CD do projeto Sirva-se Records. Stêvz lança “A Importante das Palavras Ordem É”, um pequeno livro com frases ilustradas. Os dois livros tem tiragem numerada de 200 exemplares. Eu os acompanharei nesta empreitada por São Paulo e em breve farei um post sobre o evento. A outra publicação é a revista “Samba”, um coletivo de 12 artistas de Brasília mostrando seus trabalhos em quadrinhos e literatura. O lançamento é no dia 08 de novembro na Kingdom Comics – Conic.

Mais informações no http://facadaleitemoca.wordpress.com .Garanta o seu!   

Livro para crianças e adultos.

Livro para crianças e adultos.