CJ RAMONE EM TAGUATINGA

julho 27, 2010

Quase um ano após sua vinda a Brasília, CJ Ramone volta ao DF para mais um show memorável. Dessa vez, o ex-baixista do Ramones, acompanhado do guitarrista Daniel Rey e o baterista Mike Stamberg se apresentaram no America Rock Club de Taguatinga.

 

Quem teve a honra de abrir o evento foi o “The Squintz”, boa banda de punk 77 que esquentou os tamborins da atração principal. No meio do show dos brasilienses, CJ e equipe passam pela frente do palco, fazendo todos gritarem “Hey Ho, Let’s Go!”.

Meia-noite, a porta do camarim se abre e os seguranças fazem um tosco cordão de isolamento humano para que a banda suba no palco. A platéia se eriça e repete o bordão, CJ diz “Boa noite Taguatinga, tudo bem?”, conta até quatro em seu idioma natal e começa justamente com Blitzkrieg Bop. Veja o início do show aqui!

 Consigo me posicionar na lateral do palco, onde pude filmar, fotografar e assistir ao show de maneira razoavelmente confortável. Já quem ficou na frente do palco, se espremeu nos poucos metros quadrados de área nobre do local. Tava na cara que ia rolar bagunça e os seguranças penaram na mão dos mais afoitos. Foi só uma horinha de show que passou voado, hit emendado em hit com todo mundo cantando em coro.

 

Após o fim do show, CJ recebeu pacientemente os fãs mais persistentes no camarim. Teve até bolo de aniversário para Daniel Rey (pelas velas, o cara tava fazendo cinquentinha). Lógico que fui lá tirar umas fotos, dar um gibi do Quebraqueixo e pegar um autógrafo. Disse pra ele, que na vez passada eu tinha dado um livro pra ele sobre a cena HC do DF (Esfolando Ouvidos) e ele respondeu que lembrava. Eu também disse: “come back soon!”, ele responde: “next year!”. Tomara!

Anúncios

7 Respostas to “CJ RAMONE EM TAGUATINGA”

  1. paulo marchetti said

    Cara, vou ser absolutamente sincero: não sei o que há no CJ. Lenda viva seria o Dee Dee. CJ chegou ao Ramones e pegou o fim de festa. Nada acrescentou. Tive a oportunidade de conhecê-lo e entrevistá-lo na época do Fúria (e não só uma vez). Claro, é um cara super gente boa, mas musicalmente nada fez, a não ser ter sido baixista tampão no final de carreira do Ramones. Agora faz apresentações caça níquel.
    Sim, eu vi Dee Dee!
    abç

    • esfolando said

      E aê Paulo? Então, entendo o seu ponto de vista e sei que muitos compartilham a mesma opinião. O lance do “tampão” é discutível, pois o cara ficou na banda por quase 7 anos e gravou vários discos com o Ramones. Eu sou um vacilão em não ter visto um show do Ramones ao vivo, a presença de um deles na cidade minimiza essa minha falha. A questão é: o show é maneiro, competente e muito divertido. Se for pra ver um cover do Ramones, que pelo menos seja com alguém que fez parte dessa história, mesmo que por “pouco tempo”.

  2. xHenriquex said

    Boa Materia.!
    tomara que role msm ano que vem \o/
    hey ho let’s go

  3. Vc falou pra ele comê o back, hehehe?

  4. paulo marchetti said

    Sem dúvida. O show é massa. E vou mais longe: eu iria assistí-lo muito mais por Daniel Rey. Eu tenho um CD que é basicamente a mesma idéia, mas a banda é Daniel Rey, Dee Dee e a antiga namorada argentina dele (Barbara?).

  5. biu said

    eu vi dee dee, deé deé, mussum e zackarias napomuceno, e daí?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: