ESFOLANDO O RINGO STARR

novembro 21, 2011

Parece heresia, mas confesso que nunca fui fã dos The Beatles. Isso não quer dizer que eu não reconheça o valor dessa banda e o quanto eles contribuiram para a evolução do Rock’n’Roll, moda, comportamento, política e por aí vai. Pra mim, Beatles é tipo Roberto Carlos, é só tocar uma música deles que eu começo a cantar junto, mesmo sem querer. Subconsciente total.

Depois de ler o “O Pequeno livro dos Beatles” de Hervé Bourhis, fiquei fascinado com a história desses rapazes de Liverpool, mas não consigo ter muito interesse por sua música. Você deve estar se perguntando, então que diabos esse cara foi fazer aí? Bom, as razões pra eu querer ver o show de Ringo Starr são: ele foi um Beatle (um dos dois vivos), ele ia tocar em Brasília e possívelmente a única chance de vê-lo de perto.

Desembolsei R$350,00 (a meia) por um lugar razoável (tinha ingresso mais caro), mas depois me arrependi de não ter comprado um mais barato. Explico: Eu nunca tinha ido nesse auditório do Centro de convenções, achei que tudo era fechado e que não dava pra circular em outros setores. Fui pro meu lugar já meio conformado em assistir a um show de rock sentado. Pensei que ia ser um espetáculo com o público comportado, já que a maioria tinha mais de 50 anos. As duas únicas pessoas que eu conhecia no local eram o Cascão e o Zé Carlos que estavam na área mais nobre. Quando o show começou , todos se levantaram, comecei a filmar e percebi que aos poucos, algumas pessoas começaram a descer (principalmente quem estava mais atrás e pagou mais barato) até o gargarejo e eu fui no embalo. Em dois minutos, a grade de frente ao palco ficou lotada e eu pensei: se fudeu quem pagou mais caro pra ficar na frente. Abaixo, o vídeo do começo do show.

http://www.youtube.com/watch?v=62JIw_7Kz-g

Ringo foi bem simpático e comunicativo com a platéia, fazendo o seu característico “paz e amor” com as mãos o tempo todo. Todos falam de seu narigão, mas as orelhas também são gigantes. Passado o frenesi inicial, o show foi ficando um pouco monótono, como eu temia. A banda que acompanha o astro é exelente, todos muito bons e todos têm o seu momento de brilhar. Tem hora que Ringo até abandona o palco e deixa os outros roqueiros da 3° idade comandar o espetáculo. Gostei dessa música nova de seu repertório “The Other Side of Liverpool”, video abaixo. Mais abaixo está Back Off Boogaloo, onde ele apresenta o All Starr Band.

http://www.youtube.com/watch?v=tpMFlOPEUB0

http://www.youtube.com/watch?v=Va-KZgrZapA

Foram quase duas horas de show, com direito a músicas de seu trabalho solo, covers e lógico, músicas do Beatles como With a Little Help From My Friends e Yellow Submarine (video abaixo).

http://www.youtube.com/watch?v=-AmARzHciHs

O show termina com a canção “Give Peace a Chance” deJohn Lennon e ele não volta pro bis. Apesar do ingresso salgado (chegou a me dar pressão alta), o show foi bacana e ainda vai render uma resenha em HQ pro Rock vs Comics. Aguardem!

PS: ESTOU COM PROBLEMAS PARA COLOCAR FOTOS E VIDEOS NO WORDPRESS…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: