ESFOLANDO O PAUL McCARTNEY

maio 26, 2013

Paul McCartney em Goiânia
O ingresso foi caro e ir pra Goiânia foi trabalhoso! Mesmo assim, assistir o show do Sir Paul McCartney valeu o investimento de tempo e dinheiro!
Mesmo antes de chegar perto do Estádio Serra Dourada, percebia-se que Paul já fazia estragos. Trânsito tumultuado, filas quilométricas e ansiedade generalizada marcaram a presença do ex-Beatles na capital goiana.
O show começou com meia hora de atraso, o que para os padrões britânicos é imperdoável, mas a culpa foi da demora em abrir os portões. O cara não iria começar antes que todos os 40 mil fãs estivessem lá dentro.
Aos 70 anos, Paul esbanja vitalidade e bom humor. Em pouco mais de duas horas e meia, ele cantou, dançou, tocou baixo, guitarra, violão, piano de cauda e órgão. No repertório, várias músicas de sua antiga banda e homenagens aos ex-companheiros. Entre uma música e outra, o astro arriscava frases em português, que incluíram a típica expressão goiana ”Trem Bão” e a gíria “vamos vazar”.
Além da banda que o acompanha, ele teve a surpreendente companhia de uma nuvem de gafanhotos que invadiram o palco, mas não o incomodaram. Rolou até uma interação com os insetos, que pareciam fazer parte do espetáculo, junto com a excelente cenografia digital e luzes impecáveis. Ainda teve efeitos pirotécnicos, fogos de artifício e terminou numa chuva de papel picado.
Não sou grande fã dos The Beatles, mas tenho que admitir que o show foi incrível. Com certeza veria de novo, de preferência em Brasília.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: